Stecar

 

Como destaque na comemoração dos 125 anos do automóvel, a Mercedes-Benz apresenta uma projeção visionária de desenvolvimentos técnicos futuros no segmento de luxo. O veículo conceito F 125! antecipa as tendências e prepara o caminho para a implementação de um conceito "Premium" inovador para os carros grandes e de luxo.

No F 125! a Mercedes-Benz segue rigorosamente sua visão de mobilidade livre de emissões com propulsão por hidrogênio, destacando o potencial do H2 como fonte de energia para o futuro. Enquanto os veículos conceito anteriores da Mercedes-Benz envolviam uma "visão de futuro" que alcançava, a grosso modo, uma geração de veículos - sete a oito anos - o F 125!, como última projeção tecnológica, dá um gigantesco passo à frente, de mais de duas gerações, alcançando o ano de 2025 e ainda adiante.

"Com o F 125! desejamos mostrar que os carros grandes, confortáveis e seguros tem um futuro excelente, em parte por serem capazes de operar de maneira livre de emissões. A lenda que é a Classe S continuará no futuro graças às soluções inteligentes que sempre tiveram em mente as necessidades dos clientes," diz o Prof. Dr. Thomas Weber, membro do Board da Daimler AG, responsável pela Área de Pesquisa do Grupo e pelo Desenvolvimento de Automóveis da Mercedes-Benz. "O novo veículo conceito ilustra e sublinha essa busca contínua pela liderança com ideias inovadoras e os pontos fortes tradicionais da Mercedes nas áreas de design, segurança, conforto e desempenho."

Ideias inovadoras reafirmam busca à liderança no segmento de luxo

O F 125! demonstra o quanto a mobilidade individual livre de emissões poderá ser colocada em prática no segmento de luxo no futuro. Os pesquisadores e desenvolvedores da Mercedes-Benz incorporaram os conceitos e tecnologias já bastante testados e comprovados que ainda não estão disponíveis atualmente, mas para os quais as pesquisas demonstram serem grandes promessas para o futuro e, portanto, uma chance realista de implementação nos carros de produção em série do futuro. As inovações decisivas são:

? Um maior desenvolvimento lógico do sistema de propulsão por célula de combustível em combinação com a tecnologia "plug-in".
? Tecnologia revolucionária do tanque: a unidade de armazenamento de composto de hidrogênio de estrutura integrada.
? Baterias mais leves e mais potentes, neste caso baseadas na tecnologia lítio-enxofre, que a Mercedes-Benz está estudando em paralelo com a continuidade do desenvolvimento da bateria atual lítio-íon e a pesquisa da tecnologia lítio-ar.

Com base nisso, o F 125! foi criado como sedan de luxo inovador, de quatro lugares, com sistema de propulsão elétrico e potente livre de emissões, baseado na tecnologia de célula de combustível desenvolvido para maturidade na produção em série pela Mercedes-Benz. Esse estudo combina pioneirismo e tecnologias altamente eficientes de armazenamento, propulsão e estrutura da carroceria com conceitos únicos de controle e display. O veículo conceito também se apresenta com um design expressivo que transporta para o futuro a linguagem do design clássico Mercedes.

Destaques do F 125!:

? Mobilidade totalmente livre de emissões com autonomia de até 1000 quilômetros, total sustentabilidade para o dia a dia, desempenho superior e conforto de primeira classe.
? Uma estrutura de carroceria inovadora, em construção híbrida e leve com alta proporção de plásticos reforçada por fibras e uma mistura inteligente de fibra de carbono, alumínio e aços de alta resistência, que permitem significativa redução do peso enquanto oferecem um aprimoramento considerável em segurança. Uma construção de alta resistência com sistemas de proteção que respondem a colisões dentro das portas permite a omissão das Colunas B, bem como o uso de portas amplas tipo asas de gaivota, que permitem acesso fácil aos quatro bancos. Dessa maneira, a filosofia de segurança Mercedes-Benz e, em especial, o princípio decisivo da célula rígida de passageiros desenvolvida por Béla Barényi, no ano de 1952, está sendo levada adiante para o futuro da mobilidade individual.
? Uma bateria de alta voltagem de lítio-enxofre com uma densidade específica de energia de 350 Wh por kg ao nível da célula, que permite uma taxa de recuperação consideravelmente maior combinada com a tração nas quatro rodas "e4MATIC all-wheel drive".
? Um conceito de controle e display baseado em toque, fala e gestos com as mãos torna o F 125! um verdadeiro "companheiro" com quem o motorista pode interagir de maneira flexível e sem esforço. As leves portas do tipo "gull-wing" podem também se abrir e fechar por meio de gestos com as mãos.
? Displays altamente atraentes e interativos utilizando tecnologia 3D e por projeção para abrir novas possibilidades visuais.
? A telemática de nova geração substancialmente interconectada permite controle por voz via internet, integração nas redes sociais e muitos ajustes e funções de entretenimento do veículo por controle remoto.
? Sistemas inovadores de assistência para alívio do stress do motorista, como, por exemplo, o "Advanced Driving Assist" (Assistência Avançada para a Condução) para uma direção semi-autônoma.
? Design externo e interno arrojado baseado em uma arquitetura totalmente nova de sedans.

Revolucionário: unidade de armazenamento de composto de hidrogênio integrado na estrutura do veículo

Para armazenar o hidrogênio como combustível do futuro, os engenheiros da Mercedes adaptaram uma tecnologia que ainda é objeto de pesquisa básica. Isso abre perspectivas totalmente novas com relação à arquitetura de veículos e autonomia. "A unidade de composto de hidrogênio integrada na estrutura do F 125! representa uma verdadeira revolução tecnológica, pois permite que o tanque de hidrogênio fique totalmente integrado à estrutura da carroceria pela primeira vez. No futuro, veículos com sistemas de propulsão por célula de combustível, livres de emissões, poderiam atingir a autonomia operacional dos modelos atuais a diesel sem perda do espaço interno," afirma o Prof. Dr. Thomas Weber. Com base no nível atual de know-how, os especialistas da Mercedes consideram possível desenvolver essa tecnologia para nível de produção em série a partir de 2025.
O tanque integrado no conjunto do piso do veículo tem capacidade de cerca de 7,5 kg de hidrogênio. Comparado aos tanques de alta pressão utilizados atualmente, o tanque de H2 potencialmente requer menor espaço para sua instalação. Isto se deve ao fato de que para resistir a uma pressão de até 700 bar, os tanques atuais precisam ter formato cilíndrico, e devido ao formato arredondado, inevitavelmente há "cavidades" entre os tanques instalados próximos ou acima uns dos outros. Estes novos tanques, ao contrário, podem ser cheios a uma pressão de 30 bar ou menos, o que permite que sejam integrados na estrutura da carroceria. Ao mesmo tempo podem agir como componentes "estruturais".

Bateria de lítio-enxofre: compacta e potente

Uma bateria altamente avançada e muito potente de lítio-enxofre está prevista para o F 125!. Tem a capacidade de armazenamento de 10 kWh e será instalada atrás dos bancos traseiros. Combinando o sistema de propulsão por célula de combustível com a bateria inovadora de lítio-enxofre, alcança-se uma autonomia operacional de até 1000 km, das quais até 50 km podem ser rodados só com a energia elétrica da bateria. Ela pode ser carregada por indução em postos de carga "inteligentes" e o processo fácil de carga pode ser monitorado por um celular smartphone. Quando estavam projetando o F 125!, os desenvolvedores trabalharam assumindo que, ao tempo de sua introdução em série, esse tipo de bateria poderá conseguir densidades de energia de até 350 Wh por kg. Isso representaria, a grosso modo, o dobro do desempenho conseguido atualmente. Os potenciais reais dessa tecnologia estão sujeitos à pesquisa básica e são ainda difíceis de avaliar até o momento.

Maior desenvolvimento da célula de combustível como fonte de energia

No coração do sistema de propulsão está um avanço ainda maior e especialmente potente do conjunto de célula de combustível da Mercedes-Benz, que demonstrou sua eficiência e adequação para sustentabilidade no dia a dia, como, por exemplo, na bem sucedida Classe B "F-CELL World Drive", demonstração feita pelo veículo com célula de combustível neste ano.

Em 29 de janeiro, marcando o dia do 125º aniversário do automóvel, a Mercedes-Benz deu início à primeira volta ao mundo com carros elétricos com célula de combustível em Stuttgart - cobrindo mais de 30.000 quilômetros em quatro continentes e atravessando 14 países. Os três automóveis Classe B com propulsão por célula de combustível e seus veículos de apoio retornaram em segurança à Stuttgart 125 dias depois.

A bateria do F 125!, que foi aprimorada com relação ao desempenho, consumo e adequação prática, proporciona potência para quatro motores elétricos instalados próximos às rodas, que garantem valores de desempenho superiores e esportivos. Tudo no sistema modular e4MATIC, que também utiliza componentes aprimorados de direção que se originaram do SLS AMG E-CELL, gera uma potência contínua de 170 kW (231 hp) e uma potência máxima de 230 kW (313 hp).

Isso permite que o F 125! possa atingir 100 km/h em 4,9 segundos, com uma velocidade máxima de 220 km/h. Contudo, o consumo de combustível NEDC é de apenas 0,79 quilos de hidrogênio a cada 100 quilômetros (equivalendo a 2,7 litros de diesel).

Sempre online, sempre conectado: "@yourCOMAND"

Com o avançado sistema infotainment "@yourCOMAND", o F 125! proporciona uma visão do futuro dos sistemas de telemática da Mercedes-Benz. Suas características inovadoras incluem:

Na condição "Natural Handling" (manejo manual), a operação é feita principalmente por comando de voz complementado pelo toque e gestos intuitivos feitos com as mãos. Visando obter o máximo em conforto e segurança de operação, o F 125! torna-se o perfeito companheiro para o motorista e passageiros. As possibilidades ultrapassam muito as dos sistemas atuais. O motorista poderá, por exemplo, solicitar novos itens customizados às suas necessidades pessoais e fazer consultas específicas, contextuais, sem remover suas mãos do volante. O COMAND do amanhã também se tornará pró-ativo.

No futuro, o motorista poderá começar com uma reportagem sobre o trânsito ou captar suas mensagens pessoais antes que comece a programação musical selecionada. A reportagem sobre o tempo entrará então automaticamente antes do término da viagem, por exemplo. Graças à função de configuração baseada no "moods" (estados de espírito), tais ajustes individuais serão feitos em questão de segundos no futuro. O F125! também abre dimensões totalmente novas quando se trata de comunicações externas e do uso das redes sociais. Com a ajuda de um Assistente de Comunidade Social ("Social Community Assistant"), o próprio motorista pode decidir quem estará habilitado a "perturbá-lo", ou quem receberá informações.

Graças às funções "Seamless Experience" ("vivência sem interrupções"), os sistemas multimídia do F 125! são interconectados sem interrupções e com inter-funcionalidades, interativos socialmente e não causam distrações. A troca de informações não é mais impedida ou interrompida nas viagens, mas sim uma parte integrante do conceito. Devido à constante conectividade com a Nuvem, o motorista terá acesso ininterrupto a todos os meios que normalmente utiliza. A sincronização entre os diferentes dispositivos de comunicação e entretenimento fica também totalmente eliminada. O estilo "de vida digital" de muitos clientes pode assim continuar sem interrupções e em segurança quando estão no automóvel.

Perfeição para os sentidos: no F 125! isso significa telas com tecnologia de ponta de som e de alta resolução em displays individuais luminosos. Se solicitado, a tela autoestereoscópica 3D para representações no espaço do painel de instrumento poderá mostrar informações importantes de maneira aglomerada. A imagem em 3D adapta-se aos hábitos visuais naturais, permite melhor visão geral e, assim, alivia o stress do motorista. O aparelho de som na seção superior do console central usa tecnologia de projeção de imagens e é controlado através das teclas de um "touchpad" com capacidade "fingertracking" (detecção dos dedos) em 3D localizado dentro do alcance de acesso do motorista. Além do aparelho de som, a barra de seleção integrada permite que seja selecionado o painel de instrumentos e a tela retrovisora. Ativado desse modo, esses displays também podem ser operados de forma centralizada. Mais uma tela retrátil de 17 polegadas fica instalada no lado do passageiro da frente e é totalmente controlado por gestos feitos com as mãos. Dessa maneira, um passageiro do banco de trás pode selecionar sua programação de filmes sem a necessidade de contato físico.

Uma tela de alta resolução e imagem tipo widescreen permite monitorar confortavelmente toda a situação do trânsito atrás do veículo e torna desnecessários os espelhos externos. A imagem é adaptada a todo tempo para a capacidade humana de percepção, e também proporciona uma visão geral muito mais clara com registro mais rápido e intuitivo da situação do trânsito do momento.

O veículo e seu sistema multimídia, bem como todos os aplicativos e conteúdos, podem ser controlados remotamente através das funções "Remote Convenience'. Isso significa, por exemplo, que por meio da página inicial específica do veículo, indivíduos autorizados têm acesso a todo tempo às informações, tais como nível de combustível, próxima revisão agendada ou consumo de combustível. Com a mesma facilidade, o computador de casa ou, é claro, um smartphone podem ser usados para configurar à distância a navegação de bordo ou o sistema de entretenimento, e para selecionar os ajustes de temperatura interna para cada banco.

Novos sistemas de assistência: reconhecimento dos perigos, viajando com estilo

Com a ajuda de sistemas inovadores de assistência ao motorista, o sedan de passeio do futuro neutraliza até mesmo perigos "invisíveis" e diminui o stress do motorista em muitas situações comuns. Se o motorista precisar, o F 125! consegue executar manobras difíceis que ocorrem com frequência de maneira autônoma.

O "Advanced Driving Assist" (Sistema de Assistência para Condução) permite mudanças de pista em estradas de múltiplas pistas, estradas de só uma mão e, em um estágio posterior, até mesmo manobras automáticas de ultrapassagem. Graças à interconexão por rádio com o ambiente, a chamada comunicação "Car-to-X", o F 125! também conseguirá trocar informações com outros veículos ou com uma infraestrutura especialmente equipada para isso, incluindo semáforos ou avisos de trânsito e centros de controles de tráfego. Aplicativos específicos podem incluir um aviso de aproximação de veículos de serviços de emergência muito antes do motorista poder vê-los ou ouví-los, um lembrete de que outros veículos estão vindo na preferencial em cruzamentos escuros ou a presença de obstáculos na pista.

Mobilidade do futuro ? Utopias que moldam nosso amanhã

Foram visionários e sonhadores que prepararam o caminho para a "mobilidade automotiva". Os primeiros passos foram dados no final do século 19 ? em um ambiente tecnológico em que o motor a vapor dominava o mundo da geração de energia. A locomotiva a vapor acrescentou movimento a essa máquina e vias se abriram em todo lugar.

A ideia de produzir veículos como carruagens com motores de combustão interna compactos e rápidos para tornar possível a mobilidade individual, fácil e confortável fora das vias ferroviárias, foi vista como "utópica" na época ? ou seja, sinônimo de "ficção científica" ou "fantasia".

Engenheiros visionários e utópicos, tais como Carl Benz, Gottlieb Daimler, Wilhelm Maybach ou Rudolf Diesel recusaram-se, contudo, a deixar-se intimidar. Com o F 125! a Mercedes-Benz está novamente demonstrando esse espírito pioneiro.

F 125! ? uma visão específica da condução livre de emissões

Com o novo veículo conceito da Mercedes-Benz, a visão de mobilidade livre de emissões com automóveis grandes e luxuosos assume uma forma concreta. O F 125! demonstra que a mobilidade do futuro é livre de emissões, sustentável, confortável e visualmente muito atraente. Incorpora inovações técnicas e de design e mostra o caminho rumo a uma sociedade capaz de viver sem combustíveis fósseis.